Enrolar para sair da cama significa que o cérebro é mais evoluído

A hora de acordar é a mais difícil para algumas pessoas. Muitas apertam o botão soneca do alarme para prolongar sua permanência na cama. Essa prática pode, muitas vezes, atrapalhar a vida. Mas não quer dizer que seja um sinal ruim.

Pesquisadores que realizam estudos sobre a personalidade individual das pessoas que adiam o horário de levantar da cama, apertando o botão do despertador. Eles a consideraram as mais criativas e possuidoras de QI elevado.

Um estudo realizado na Inglaterra, por exemplo, revelou que pessoas que possuíam o hábito de acordar após as 8:00 da manhã, são mais bem sucedidas e ganhavam mais dinheiro.

A tecnologia deu a possibilidade que o ser humano há séculos realiza que é ficar mais tempo na cama sem acordar atrasado. A diferença com os antepassados é  que não precisa se guiar pela luz do dia ou a escuridão da noite para ter uma definição de quando dormir e quando acordar. Os horários se tornaram flexíveis na modernidade e nós já nos adaptamos a ele.

Mas como pessoas que possuem esse tipo de mania são consideradas mais inteligentes? A resposta é simples. As pessoas que possuem a capacidade de saber quais são os seus limites se adaptam melhor, são mais sensitivas e criativas a ponto de resolver questões emergenciais nos últimos minutos.

Contudo essa regra se aplica a pessoas que ficam adiando a saída da cama, nesse sentido, não é por que uma pessoa fica o dia todo dormindo que ela vai entrar para a lista das mais inteligentes. Isso é só preguiça mesmo.

As pessoas inteligentes que adiam levantar da cama possuem o dom de resolver tarefas complicadas em pouco tempo e, por conta disso, criam o hábito de acordar cedo. Quem sabe isso seja um aviso para a mudança de hábitos! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *